Seu Concurso  - Site especializado em matérias para Concursos Públicos

                                                                                                   

    estão estudando no Site.              Agradecemos  pela visita.
 

                                                                                                                

  HOME   Provas Anteriores   - ** Mais questões de direito penal EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 02     EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 03    EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS                    04EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 05    EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 06     EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 07 

  


VERBO TRANSITIVO E INTRANSITIVO



 

 VERBOS
   

 

VERBOS TRANSITIVOS E INTRANSITIVOS

             

Entreo utros assuntos: português, aulas de português, curso de português, português para a caixa, português para concursos, português para o Banco do Brasil                    ESTUDOS SOBRE VERBOS TRANSITIVOS E INTRANSITIVOS



 

          VERBOS TRANSITIVOS E INTRANSITIVOS

 

A palavra transitivo vem do latim transitivus ¬ transitare, que quer dizer passar, decorrer.
Veja a palavra trânsito tem a mesma origem e quer dizer passagem, circulação de veículos, entre outros significados.

Tendo isso em vista, os verbos classificam-se em transitivos e intransitivos.

Mas, o que é um verbo transitivo?

Relacionando-o ao significado da palavra transitivo, é o que precisa de um complemento para que a ação que expressa tenha sentido, isto é, para que a frase tenha sentido, o significado do verbo transita para um complemento. Dito gramaticalmente, o verbo precisa de um complemento.

Exemplos:
Comprei tomates.
Não gosto de maçãs verdes.
Ela deu o presente à sua mãe.

Os verbos transitivos podem ser:

1) Transitivos diretos: Marta vendeu seu apartamento.
(Marta vendeu o quê? = seu apartamento)
O significado do verbo vender se completa com um termo a ele ligado diretamente, isto é, sem auxílio preposição.
Este complemento se chama objeto direto.

2) Transitivos indiretos: Creio em Deus.
(Creio em quem?=em Deus)
O significado do verbo crer se completa com um termo a ele ligado indiretamente, isto é, com auxílio de preposição.
Este complemento se chama objeto indireto.

 

3) Transitivos diretos e indiretos: Aconselho meus alunos a ler todos os dias.
(Aconselho quem? a quê? = meus alunos a ler todos os dias)
O verbo aconselhar necessita de dois termos para completar seu sentido: um ligado a ele sem preposição e outro, com preposição.
Neste caso, temos um objeto direto e um objeto indireto.

E o que é um verbo intransitivo?

É o que já tem sentido completo, que não precisa de complemento. O prefixo in indica negação. Intransitivo = não-transitivo, o seu significado não precisa transitar para um complemento.
A criança dormiu.
(O verbo dormir não precisa nem de objeto direto nem de objeto indireto).

 

   
   

 


verbo transitivo e intransitivo                  aulas sobre verbos transitivos

 

Política de privacidade