Seu Concurso  - Site especializado em matérias para Concursos Públicos

                                                                                                   

    estão estudando no Site.              Agradecemos  pela visita.
 

                                                                                                                

  HOME   Provas Anteriores   -  Aulas  -  Interpretação de Textos  -  Exercícios de Português  -  Exercícios de Raciocínio Lógico  Biologia


TERMOS DA ORAÇÃO



 

 PORTUGUÊS  TERMOS DA ORAÇÃO
   

PORTUGUÊS - OS TERMOS DAS ORAÇÕES

             

ESTUDO SOBRE TERMOS DA ORAÇÃO

Regras gerais sobre termos da oração

os termos da oração


Termos essenciais da oração são o sujeito e o predicado.
Os termos integrantes da oração são aqueles que complementam ou definem o significado dos termos essenciais da oração.
São classificados como termos integrantes da oração:

os complementos verbais,
o complemento nominal e
o agente da passiva.
Termos essenciais da oração são o sujeito e o predicado.
Sujeito
Segundo a visão de relações sintáticas dos termos da oração, sujeito é o termo da oração que está em relação de concordância com o verbo.Do ponto de vista semântico, é o ser ou coisa a que se atribui a idéia contida no predicado.

Núcleo

O núcleo de um sujeito é a palavra que possui maior significação em um termo. Normalmente, o núcleo do sujeito equivale a um nome ou pronome.

São três os tipos de sujeito: simples, composto e indeterminado.

1 - Simples: Quando é composto por um núcleo apenas.

Ex.: A bola bateu no telhado. (O núcleo é bola)


2 - Composto: Quando é composto por dois ou mais núcleos.

Ex.: A árvore e o poste caíram no mato.(Os núcleos são as palavras árvore e poste).


3 - Indeterminado: Quando não se pode ou não se quer determinar o sujeito de uma oração, por desconhecê-lo ou por não querer revelá-lo. Usa-se na terceira pessoa do plural. Ex. Disseram coisas terríveis sobre seu passado. Também pode vir na terceira pessoa do singular, acompanhado do pronome SE. Ex. Trabalha-se demais no mundo inteiro. Quando apresentar o verbo no Infinitivo Impessoal: Ex. É triste assistir a estas cenas.

Há, ainda, o sujeito que não aparece na oração mas pode ser facilmente identificado pelas desinências do verbo. Esse sujeito é conhecido como oculto, implícito ou desinencial. Ex.: Saímos ontem à noite. (Quem saiu? Nós - sujeito desinencial nós)

O sujeito e O predicado aparecem na maior parte dos enunciados lingüisticos, e são ,por isso, chamados termos essenciais. Contudo, podem ocorrer enunciados sem sujeito. Quando isso ocorre temos uma oração sem sujeito. Pode-se também dizer sujeito inexistente.

Predicado
O predicado, por sua vez, é o termo da oração que se refere ao sujeito. Pode ser de três tipos:

1- Predicado verbal- a ação é o fator principal da oração.Nesse caso, o núcleo do predicado é sempre o verbo.


O verbo do predicado verbal é um verbo significativo, o qual pode ser transitivo ou intransitivo.

Verbos transitivos São aqueles que necessitam de um complemento para que tenham sentido completo. Esse complemento pode ser ou não introduzido por uma preposição e isso determinará se o verbo será transitivo direto ou indireto. Observe:

Os alunos fizeram... (Quem faz, faz alguma coisa - o verbo fazer precisa de complemento, então é transitivo)
Os alunos fizeram o trabalho. (o termo o trabalho foi introduzido sem preposição, por isso dizemos que o verbo é transitivo direto e o seu complemento é chamado objeto direto)

Ele precisa... (Quem precisa, precisa de alguma coisa - o verbo precisar necessita de complemento, é, portanto, transitivo)
Ele precisa de carinho. (o termo de carinho é introduzido pela preposição de,portanto o verbo será chamado verbo transitivo indireto e o seu complemento chama-se objeto indireto.

Há verbos que podem apresentar dois complementos:um direto e outro indireto.Veja a seguir:
Maria deu chocolates para mim. Quem dá, dá alguma coisa - chocolate - primeiro complemento(objeto direto)
Quem dá, dá para alguém - para mim - segundo complemento(objeto indireto)
O verbo deu é, então, verbo transitivo direto e indireto.


Verbos Intransitivos - Não precisam de complemento para que tenham sentido completo. Maria saiu. (O verbo sair é intransitivo pois não precisa de complemento para que tenha sentido completo)


2 - Predicado nominal- Esse tipo de predicado apresenta verbos que remetem ao estado do sujeito. São os chamados verbos de ligação.Nesse caso o núcleo do predicado é o termo que se refere ao sujeito chamado predicativo do sujeito.

As meninas estão felizes. Note que o verbo estar apenas indica o estado do sujeito, que é informado logo após pelo termo felizes que é o predicativo do sujeito.

3 - Predicado verbo-nominal- Esse predicado

Faça mais Exercícios de português:

 EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 02     EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 03    EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS                    04EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 05    EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 06     EXERCÍCIOS DE PORTUGUÊS 07 

MAIS QUESTÕES DE PORTUGUÊS

   
   


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           TERMOS DA ORAÇÃO: PREDICADO NOMINAL                                         TERMOS DA ORAÇÃO: VERBOS TRANSITIVOS                                                 TERMOS DA ORAÇÃO: VERBOS INTRANSITIVOS                                   TERMOS DA ORAÇÃO: PREDICADO                                              TERMOS DA ORAÇÃO: VERBOS TRANSITIVOS DIRETOS                                      TERMOS DA ORAÇÃO: OBJETO DIRETO                                       TERMOS DA ORAÇÃO: OBJETO INDIRETO

 

Política de privacidade