Veja == >   Lei 8.112/90 Redação Direito Civil Port. Crase Matemática

 

 

SEU CONCURSO

>>  Matemática  | Raciocínio lógico  | Português | Questões de Interpretação de textos Física informática Biologia |  História | HOME
 

 

   

INTERPRETANDO TEXTOS

 
 



 

        INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 02

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 03

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 04

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 05

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 06

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 07

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 08

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 09

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 10

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 11

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 12

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 13

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 14

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 15

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 16

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 17

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 18

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 19

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 20

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 21

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 22

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 23

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 24

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 25

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 26

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 27

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 28

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 29

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 30

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 31

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 32

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 33

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 34

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 35

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 36

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 37

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 38

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 39

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 40

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 41

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 42

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 43

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 44

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 45

 

 

 

 

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS


Questões de interpretação de textos

Redação

O país é o mesmo. O dia, mês e ano também. Brasil, 28 de abril de 2009. No Rio Grande do Sul, o índice de chuvas está 96% abaixo do que seria normal neste período. A taxa de umidade despencou para menos de 20%, enquanto o saudável é praticamente o dobro. Tudo é seca e insolação. Brasil, 28 de abril de 2009. No Piauí os moradores enfrentam as piores cheias dos últimos 25 anos. Chove sem parar. Cidades estão ilhadas. Cerca de 100 mil pessoas ficaram desabrigadas.

     "O tempo anda louco", eis a frase leiga e padrão que mais se fala e mais se ouve nas queixas em relação às radicais discrepâncias climáticas. Vale para o Norte e Nordeste do país, vale para a região Sul também. A mais nova e polêmica explicação para tais fenômenos é uma revolucionária teoria sobre as chuvas, chamada "bomba biótica", e pode mudar os conceitos da meteorologia tradicional. Olhemos, agora, por exemplo, não para a loucura do tempo em um único país, mas sim para a "loucura a dois". Por que chove tanto em algumas regiões distantes da costa, como no interior da Amazônia, enquanto países como a Austrália se transformam em deserto? Dois cientistas russos sustentam, embasados na metodologia da bomba biótica, que as florestas são responsáveis pela criação dos ventos e a distribuição da chuva ao redor do planeta – como uma espécie de coração que bombeia a umidade. Esse modelo questiona a meteorologia convencional, que explica a movimentação do ar sobretudo pela diferença de temperatura entre os oceanos e a terra. Ao falarem de chuva aqui e de seca acolá, eles acabam falando de um dos mais atuais e globalizados temas: a devastação das matas.

    Para o biogeoquímico Donato Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e principal proponente da linha da bomba biótica no Brasil, somente ela é que explica com clareza a contradição entre a seca e a aridez que estão
minguando as lavouras na região Sul e as chuvas intensas que transbordam o Norte e o Nordeste. De acordo, porém, com o professor americano David Adams, da Universidade do Estado do Amazonas, os físicos russos estão supervalorizando a força da bomba biótica.

(Adaptado de Maíra Magro. Istoé, 6/5/2009, p. 98-99)

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS E EXERCÍCIOS


1. Em relação ao 1o parágrafo do texto, está correto o que se
afirma em:

(A) Considerando-se o assunto central do texto, não se
justificam as informações referentes ao clima que
aparecem nesse parágrafo.
(B) As informações nele constantes tentam comprovar a
afirmativa dos cientistas russos de que as florestas
são determinantes para o clima.
(C) As referências ao clima nas regiões brasileiras
servem para demonstrar que pode haver um certo
equívoco na teoria dos cientistas russos.
(D) A descrição das catástrofes que ocorrem no Brasil
vai justificar a imagem da bomba, criada pela nova
teoria científica.
(E) Desenha-se nele um quadro de contrastes causados
pelas condições climáticas, para justificar todo o
desenvolvimento posterior.
_________________________________________________________
2. A frase que sintetiza corretamente o assunto do texto é:

(A) Nova teoria científica busca explicações para os
contrastes do clima em diferentes regiões do
planeta.
(B) Meteorologia tradicional explica as recentes
discrepâncias climáticas que ocorrem no Brasil.
(C) Diferenças regionais acentuadas nas regiões brasileiras
podem explicar alternância entre aridez e
inundações.
(D) Cientistas se perdem em meio às novas teorias que
tentam explicar fenômenos climáticos extremos.
(E) A direção dos ventos na Amazônia justifica todos os
excessos dos fenômenos climáticos no Brasil.
_________________________________________________________
3. A expressão "loucura a dois" refere-se, no 3o parágrafo,

(A) à situação climática tanto nas regiões Norte e
Nordeste quanto na região Sul do país.
(B) a países em situação geográfica e climática bem
diversificada.
(C) às chuvas torrenciais e às secas destruidoras das
lavouras.
(D) a cientistas que divergem em suas explicações
sobre as variações climáticas.
(E) à divergência entre metodologias de análise das
condições climáticas.

Próximo teste

atençãoMantenha-se sempre atualizado com os melhores vídeos!

Assine o canal

 

==================================================================

 

 

Gabarito

001 - E

002 - A

003 - B
 

AuLAS

AULAS GERAIS

Português

matemática

informática

 

EXERCÍCIOS

Português

matemática

EXERCÍCIOS DE MATEMÁTICA

informática

história

biologia

física

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO administrativo

DIREITO eleitoral

  

Faça Exercícios >>  Matemática  |  Raciocínio lógico  |  Português  |  Interpretação  |  Constitucional  |  informática   Biologia  |  História

 

POLÍTICA DE PRIVACIDADE