ENEM INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS

          

 

 

 


 
ENEM INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS



ENEM INTERPRETAÇÃO COM GABRITO

Exestões de interpretação de tos

As condições em que vivem os presos, em nossos cárceres superlotados, deveriam assustar todos os que planejam se tornar delinqüentes. Mas a criminalidade só vem aumentando, causando medo e perplexidade na população.

Muitas vozes têm se levantado em favor do endurecimento das penas, da manutenção das penas, da manutenção ou ampliação da Lei dos Crimes Hediondos, da defesa da sociedade contra o crime, enfim, do que se convencionou chamar “doutrina da lei e da ordem”, apostando em tais caminhos como forma de dissuadir novas práticas criminosas.

Geralmente valem-se de argumentos retóricos e emocionais, raramente escorados em dados de realidade ou em estudos que apontem ser esse o melhor caminho a seguir. Embora sedutora e aparentemente sintonizada com o sentimento geral de indignação, tal corrente aponta para o caminho errado, para o retorno ao direito penal vingativo e irracional, tão combatido pelo iluminismo jurídico.

O coro dessas vozes aumenta exatamente quando o governo acaba de encaminhar ao Congresso o anteprojeto do Código Penal, elaborado por renomados juristas, com participação da sociedade organizada, com o objetivo de racionalizar as penas, reservando a privação da liberdade somente aos que cometerem crimes mais graves e, mesmo para esses, tendo sempre em vista mecanismos de reintegração social.
Destaca-se o emprego das penas alternativas, como a prestação de serviços
à comunidade, a compensação por danos causados, a restrição de direitos etc.

Contra a idéia de que o bandido é um facínora que optou por atacar a sociedade, prevalece a noção de que são as vergonhosas condições sociais e econômicas do Brasil que geram a criminalidade; enquanto essas não mudarem, não há mágica: os crimes vão continuar aumentando, a despeito do maior rigor nas penas ou da multiplicação de presídios.
(Adaptado de Carlos Weis. “Dos delitos e das penas”. Folha de São Paulo, Tendências e
debates, 11/11 /2000)


1) O autor do texto mostra-se:
a) identificado com o coro das vozes que se levantam em favor da aplicação de

penas mais rigorosas
b) identificado com doutrina que se convencionou chamar “da lei e da ordem”
c) contrário àqueles que encontram nas causas sociais e econômicas a razão maior
das práticas criminosas
d) contrário à corrente dos que defendem, entre outras medidas, a ampliação da
Lei dos Crimes Hediondos
e) contrário àqueles que defendem o emprego das penas alternativas em
substituição à privação da liberdade


2) Considere as seguintes afirmações:

I. Não é mais do que uma simples coincidência o fato de que a intensificação das vozes favoráveis ao endurecimento das penas ocorre simultaneamente ao envio ao Congresso do anteprojeto do Código Penal.
II. A afirmação de que há vozes em favor da manutenção da Lei dos Crimes
Hediondos deixa implícito que a vigência futura dessa lei está ameaçada.

III Estabelece-se uma franca oposição entre os que defendem a “doutrina da lei e da ordem” e os que julgam ser o bandido um facínora que age por opção.
Em relação ao texto, está correto SOMENTE o que se afirma em

a) I
b) II
c) III
d) I e II
e) II eIII


3) Está corretamente traduzido o sentido de uma expressão do texto,
considerando-se o contexto, em:
a) Embora sedutora e aparentemente sintonizada = Malgrado atrativa e
parcialmente sincronizada
b) forma de dissuadir = modo de ratificar
c) tão combatido pelo iluminismo jurídico = de tal modo restringido pelo
irracionalismo jurídico
d) a despeito do maior rigor nas penas = em conformidade com o agravamento
das punições
e) mecanismos de reintegração social = meios para reinserção na sociedade


4) Por “iluminismo jurídico” deve-se entender a

a) doutrina jurídica que defende o caráter vindicativo da legislação
b) corrente dos juristas que representam a “doutrina da lei e da ordem”
c) tradição jurídica assentada em fundamentos criteriosos e racionalistas
d) doutrina jurídica que se vale de uma argumentação retórica
e) corrente dos juristas que se identificam com o sentimento geral de indignação

 

Gabarito

1) Letra d

No primeiro parágrafo, lê-se: “Muitas vozes têm se levantado em favor...da manutenção ou ampliação
da Lei dos Crimes Hediondos...”. Mais adiante, no mesmo parágrafo, encontra-se: “Embora sedutora...tal corrente aponta para o caminho errado...”. Assim, fica evidente que o autor se mostra contrário a tal corrente de pensamento.

2) Letra b

O item I é incorreto, pois o povo, numa situação dessas, procura sempre pressionar os congressistas para alcançar os seus objetivos; não há, pois, coincidência. O item II é correto, e a chave do entendimento é a palavra manutenção: se há pessoas querendo a manutenção da lei, é porque sua vigência está sendo ameaçada. O item in não é correto, pois indica exatamente o contrário do texto:
os que defendem a “doutrina da lei e da ordem” são aqueles que acham que o bandidoé um facínora que age por opção.

3) Letra e

Questão de paráfrase. A letraa altera substancialmente o trecho. Na letrab,
dissuadir não é o mesmo que ratificar.Na opção c, combatido é diferente de
restringido,e irracionalismoéo contrário de iluminismo. Na alternativa d, as
locuções prepositivas a despeito de e em conformidade com têm diferentes
significados.

4) Letra c

Alusão ao movimento intelectual do século XVIII, conhecido como Iluminismo, caracterizado pela
valorização da ciência e da racionalidade crítica. Esse século ficou conhecido como “Século das Luzes”. Atente, na alternativa c, para a palavraracionalistas, que é a chave da resposta.

atençãoMantenha-se sempre atualizado com os melhores vídeos!

Assine o canal

 

 

QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 02
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 03
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 04
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 05
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 06
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 07
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 08
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 09
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 10
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 11
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 12
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 13
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 14
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 15
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 16