História - HISTÓRIA TESTES - EXERCÍCIOS

          

 

 

 

 

HISTÓRIA TESTES

 

1) Leia com atenção as seguintes afirmativas sobre o período colonial do Brasil e marque a opção correta:

I - A escravidão africana foi significativa tanto nas áreas rurais como urbanas, apesar das diversas formas de resistência negra naquele período.
II - Apesar do poder da Igreja Católica no Brasil colônia, foram muitas as manifestações de sincretismo religioso e catolicismo popular vividos pelos brasileiros naquela época.
III - A ascensão da atividade mineradora provocou o declínio definitivo da economia açucareira.
IV - Inconfidência Mineira e Conjuração Baiana foram movimentos a favor da independência do Brasil antes de 1822 e que fracassaram devido à repressão do governo português.

a) Apenas os itens II e IV são verdadeiros;
b) Apenas os itens I e III são verdadeiros;
c) Apenas os itens I, II e IV são verdadeiros;
d) Todos os itens são verdadeiros;
e) Apenas os itens III e IV são verdadeiros.


2) A Exploração do Pau-Brasil teve início nos primeiros anos da colonização brasileira. Como resultado da intensa extração,

a) ocorreu uma grande urbanização, porque a atividade forçava a sedentarização dos madeireiros.
b) a coroa portuguesa criou leis que preservavam a Mata Atlântica.
c) para desenvolver o sistema de transporte da madeira, houve intensificação da pecuária.
d) o Pau-Brasil começou a escassear em poucas décadas.
e) o governo português estabeleceu o monopólio sobre a atividade madeireira e instituiu a monocultura do pau–brasil.


3) Na Primeira República, os dois principais movimentos de caráter messiânico foram o de Canudos e o do Contestado, caracterizados pela religiosidade e pelo sentimento de revolta dos sertanejos. O líder messiânico de Canudos foi:

a) Pe. Cícero.
b) Frei Damião.
c) Antônio Conselheiro.
d) Virgulino Ferreira.
e) Frei Caneca.


4) O período da chamada “redemocratização” brasileira (1945-1964) contou com o exercício de quatro presidentes eleitos democraticamente: Eurico Gaspar Dutra, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e Jânio Quadros. Sobre esse período é correto afirmar que:

a) a aproximação da diplomacia brasileira com os países de matriz ideológica comunista, sobretudo União Soviética e Cuba;
b) com o desenrolar da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) o Estado brasileiro recepcionou em seu território minorias étnico-religiosas deportadas ou fugidas da perseguição nazifacista;
c) a pluralidade de organização sindical e plena liberdade de organização partidária;
d) a inexistência de mobilizações de massa e fragilidade do poder judiciário;
e) as eleições diretas para presidente e a elaboração da quarta Constituição Republicana em 1946.


5) Sem negros nada se pode cultivar aqui, e nenhum branco – por mais disposto ao trabalho que tenha sido na pátria – se pode dedicar no Brasil a trabalhos tais, nem mesmo consegue suportá-los; parece que o corpo, em consequência da mudança tão extrema de clima, perde muito de seu vigor; isto não sucede somente com o homem, mas com tudo o que venha da Europa para o Brasil, inclusive o ferro, o aço, o cobre, etc., e não me refiro às coisas mais sujeitas a deterioração.
(Alencastro, Luis Filipe. O trato dos viventes. Formação do Brasil no Atlântico Sul. Séculos XVI e XVII. São Paulo: Cia. das Letras, 2000, p.211)
Neste caso, trata-se de um ponto de vista elaborado por Van der Dussen, no ano de 1640, acerca das condições das atividades da WIC (Companhia das Índias Ocidentais) em Pernambuco, cujas intenções estavam voltadas para:

a) o abandono imediato das atividades da WIC em Pernambuco devido à dificuldade da população holandesa com o clima e a terra.
b) o combate à utilização da escravidão indígena pelos colonos holandeses que desobedeciam sistematicamente às normas da WIC.
c) a justificativa para o despreparo dos colonos holandeses, pouco adaptados ao ambiente inóspito da região tropical onde a WIC se estabeleceu.
d) a necessidade de colonos holandeses possuírem capital reservado para a compra de africanos e o estabelecimento de mercados negreiros pela WIC.
e) a investigação das causas da perda de Pernambuco para os portugueses escravistas após a guerra que expulsou os holandeses e a WIC do Brasil.


6) Analise as afirmativas a seguir:
I. Na Alemanha, um dos traços diferencial do Iluminismo em relação aos demais países é a inexistência do sentimento anticlerical que, por exemplo, deu a tônica ao Iluminismo na França
II. Após a revolução inglesa o poder do rei que era absoluto se viu reduzido, onde o rei existe e reina, mas não governa.
III. Toda a estrutura política e social do absolutismo foi violentamente atacada pela revolução intelectual do Iluminismo. O mercantilismo também foi condenado e novas propostas, mais condizentes com a nova realidade do capitalista.
Podemos afirmar que:

a) Apenas I está correta.
b) Apenas II está correta
c) Apenas III está correta.
d) Apenas I e II estão corretas
e) Todas estão corretas.


7) A respeito das revoltas liberais, assinale a alternativa que não é verdadeira.

a) Os liberais mineiros ficaram conhecidos como "luzias" em razão da batalha de Santa Luzia.
b) A Revolução Liberal de 1842 foi um dos movimentos sediciosos que agitaram o Brasil durante o Império.
c) A dissolução da Câmara dos Deputados, pelo Poder Moderador, em 1842, marcou o auge do descontentamento dos liberais, desiludidos pelo afastamento do poder.
d) Com o fim da Praieira no início de 1850, iniciou-se a segunda fase do Segundo Reinado, um período de tranquilidade política, fruto do Parlamentarismo e da Política de Conciliação implantados por D. Pedro II, e da prosperidade trazida pelo café.
e) N.d.a.


8) Os PCN recomendam que os conteúdos de História para os primeiros anos do Ensino Fundamental enfoquem, preferencialmente, diferentes histórias pertencentes:

a) aos heróis que construíram a nação
b) ao âmbito familiar e apenas as relações entre iguais
c) aos grupos sociais dos quais os alunos fazem parte, classificando-os como mais evoluídos ou atrasados
d) ao local em que o aluno convive, dimensionadas em diferentes tempos
e) ao passado dos seus familiares, sem enfocar o presente


9) Durante o governo do presidente Campos Sales (1898-1902), foi instituída a “política dos governadores”, que consistiu na:

a) Articulação dos coronéis e dos governadores dos estados à política nacional, através da ideologia do favor.
b) Participação de todos os governadores estaduais na definição da política externa do país.
c) Distribuição dos recursos da União entre os municípios mais pobres do país.
d) Garantia do governo federal aos empréstimos externos de todos os estados da federação.
e) Organização constitucional republicana em função do predomínio dos interesses agroexportadores do café, representados pelo estado de Minas Gerais.


10) Durante o Período Regencial, ocorreram rebeliões em várias províncias provocadas em parte pelo descontentamento das elites provinciais em relação ao governo central e, pelo descontentamento da maior parte da população devido às condições em que viviam. Entre as principais revoltas desse período destaca-se:

a) A Guerra dos Emboabas.
b) A Revolta de Beckman.
c) A Insurreição Pernambucana.
d) A Confederação do Equador.
e) A Revolução Farroupilha.

HISTÓRIA QUESTÕES GABARITO

 1-c 2-d 3-c 4-e 5-d 6-e 7-e 8-d 9-a 10-e

 

Faça mais Testes de História:

  HISTÓRIA TESTES 01

  HISTÓRIA TESTES 02

  HISTÓRIA TESTES 03

  HISTÓRIA TESTES 04

  HISTÓRIA TESTES 05

  HISTÓRIA TESTES 06

  HISTÓRIA TESTES 07


VER TAMBÉM:

O DESCOBRIMENTO

O DESCOBRIMENTO DO BRASIL

BRASIL IMPÉRIO

BRASIL COLÔNIA 

ABOLIÇÃO DA ESCRAVIDÃO

O TRATADO DE TORDESILHAS

CAPITANIAS HEREDITÁRIAS

A GUERRA DO PARAGUAI

HISTÓRIA DO BRASIL 

GOVERNOS GERAIS
 

A ERA VARGAS 

A BALAIADA 

A CONJURAÇÃO BAIANA 

A GUERRA DOS EMBOABAS 

A REVOLUÇÃO FARROUPILHA 

EXPEDIÇÕES GUARDA-COSTA 

A VINDA DA FAMÍLIA REAL 

A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA 

A DITADURA NO BRASIL 

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 

LAMPIÃO E O CANGAÇO 

INCONFIDÊNCIA MINEIRA 


** ÍNDICE GERAL